As vantagens da ISO 27001: o passo a passo para o negócio


O Sistema de Gestão de Segurança da Informação tem sido a pauta em destaque dos últimos webinars que a blwinner desenvolveu, isso porque as vantagens da ISO 27001 para as empresas têm se mostrado ainda mais necessárias para o sucesso do negócio e, claro, a segurança da informação. 

Mas como as empresas podem crescer e ter as vantagens da ISO 27001? A norma oferece um tipo de roteiro a ser seguido, o qual, quando bem interpretado e executado, tende a encaminhar o projeto de certificação para aprovação. Confira o passo a passo da norma.

O contexto da organização

Essa é a primeira etapa para explicar um pouco mais a respeito da norma. Quando falamos de contexto de uma empresa, falamos das principais características que ela possui. A ISO 27001 pode ser aplicada em qualquer negócio, mesmo sendo mais comum ela fazer parte de empresas de tecnologia, geralmente, as que mais buscam a certificação, seguido de negócios do segmento advocatício e contábil. No entanto, as informações precisam ser geridas com segurança, independente do segmento. Por isso, o contexto é o primeiro passo a ser analisado.

Na prática, a contextualização acontece, inicialmente, com um diagnóstico da empresa. Aqui na blwinner, por exemplo, o consultor especialista realiza tal ação e, então, monta as primeiras etapas do projeto. Após isso, utilizamos metodologias adequadas para identificarmos os pontos fortes, fracos, ameaçar e oportunidades do negócio. A partir de então, damos início ao desenvolvimento do projeto para que, a longo prazo, ele seja ainda mais eficiente. 

E por falar em diagnóstico, outro exemplo “de casa”, é a personalização que a blwinner desenvolve para cada cliente e projeto. Por se tratar de uma empresa 100% digital, muitos clientes se questionam como é possível desenvolver ações individualizadas sem a presença física na empresa, e a resposta é simples: tudo a partir do diagnóstico profundo e da contextualização. 

As partes interessadas nas vantagens da ISO 27001

Como as empresas podem identificar as partes interessadas na norma e quais são os interesses de tais partes? Essas são algumas perguntas clássicas. Quando falamos sobre ISO 27001 e as vantagens que essa norma oferece, é fundamental reconhecer tais partes para que os impactos sejam analisados e o processo tome forma. A partir de então, é possível prosseguir com o projeto para que o rumo em direção a tão esperada certificação seja tomado.

Escopo: como definir?

Logo em seguida a identificação, é fundamental que o escopo seja desenhado. No entanto, é preciso lembrar que ele não serve para fazer uma propaganda da empresa e também não deve conter apenas as informações fixas do CNPJ, por exemplo. 

O escopo é a declaração da empresa em relação ao que ela tem capacidade de fazer, mercadologicamente falando. Mas, lembre-se, é preciso anunciar o que a empresa faz, juntamente com a segurança da informação, que é o principal aspecto da ISO 27001. Após o ciclo de auditoria interna e externa, o certificado contará com o escopo da organização.

Mapas de processos da ISO 27001

Por que a norma ISO 27001 pede para que os processos sejam mapeados? Em primeiro lugar, os processos estão relacionados às áreas existentes em um negócio, por isso, é preciso identificar tais processos para que, em seguida, eles sejam mapeados. 

Dois pontos bem interessantes de serem destacados são as entradas e saídas, as principais atividades executadas pelo processo em questão. “Um processo sem atividades não existe”, destaca Henrique Teixeira, consultor especialista da blwinner. 

Os indicadores, riscos e oportunidades do processo também são essenciais de serem analisados e mapeados, para que a segurança das informações trafeguem de forma segura dentro dos principais meios da empresa. 

“É de extrema importância contarmos com uma gestão efetiva de informações e com mapeamentos bem feitos. Garantimos os três pilares fundamentais desse processo, a confidencialidade, a integridade e a disponibilidade (CID) das informações”, destaca o CEO da blwinner, Lucas Basques. 

A própria norma segue com uma série de políticas que trazem tal direcionamento de condução, seja no home office, no escritório, para quem trabalha na rua e etc. 

Contar com as vantagens da ISO 27001, é contar com ainda mais segurança em relação às diferentes informações que uma empresa possui. Por isso, entender o passo a passo que a norma costuma seguir faz toda diferença no momento de entender ainda melhor sobre ela.

Precisa tirar outras dúvidas sobre a norma de segurança da informação? Entre em contato com a gente, os nossos consultores especializados vão te ajudar nessa missão!

Comentários

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *