Como a ISO 20000 dá vantagem competitiva aos profissionais de TI?


Atualmente, a ISO 20000, aliada a constante inovação, é o caminho para que as empresas de tecnologia da informação se destaquem no mercado. A certificação proporciona o aumento da produtividade, conexão com as redes de negócios, controle de operações, recursos e informações para tomadas de decisões e, acima de tudo, permite que as empresas conheçam melhor os seus consumidores para mantê-los engajados. Vamos ver como tudo isso é possível neste artigo? Boa leitura!

Por que a concorrência em TI é grande?

O avanço da tecnologia e da economia digital vem transformando o cotidiano pessoal e profissional das pessoas. Essa expansão pode explicar o fato curioso de que, no Brasil, sobram vagas para profissionais de TI bem qualificados.

De acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), a tendência é que a demanda de profissionais de TI cresça mais de 9% entre 2019 e 2024. Segundo esse mesmo estudo, mais de 46 mil pessoas se formam com perfil tecnológico anualmente no país. No entanto, para atender a demanda do mercado, o indicado seria haver 70 mil profissionais capacitados por ano.

Apesar de existir essa demanda crescente, a oferta de prestadores de serviços de tecnologia da informação também acompanha essa curva de crescimento. Por isso, a concorrência é cada vez maior e conseguir manter-se competitivo nesse mercado inflado é um grande desafio para empresas de diversos portes. Veja a seguir como a sua empresa pode estar em evidência para não perder mercado frente a concorrência.

Como se destacar diante dos concorrentes?

A prestação de serviços de TI virou, basicamente, uma commodity. Ou seja, é difícil criar – e se fazer enxergar – diferenciais. Contudo, para se destacar e atuar primando pela qualidade e eficiência, é importante observar algumas atitudes que ajudam a criar essa percepção de valor nos serviços prestados:

1. Adote boas práticas de TI

Este é um item fundamental para quem prestará serviços na área de tecnologia da informação. Todavia, as boas práticas precisam ser realizadas corretamente para que a organização se destaque perante os concorrentes.

Além disso, é necessário que o cliente possa perceber que essas ações estão realmente sendo colocadas em prática pela prestadora do serviço para que ele consiga valorizar e entender isso como um diferencial positivo. Estar certificado na ISO 20000, por exemplo, é uma forma de comprovar a adoção e o cumprimento das boas práticas de TI.

2. Seja pioneiro

Em um mercado pautado pela inovação, não é fácil descobrir ou criar algo completamente novo com frequência e em primeira mão. No entanto, se a instituição tiver colaboradores altamente qualificados e engajados, já estará um passo à frente nessa empreitada. Sendo assim, uma dica interessante é investir em projetos de pesquisa e desenvolvimento, por exemplo, e na capacitação do time. Afinal, se a sua equipe estiver atualizada nas tendências do mercado e nas necessidades do público consumidor, pode contribuir mais com ideias de novos produtos, funcionalidades ou diferentes formas de entregar os serviços.

3. Crie parcerias

Você já ouviu aquela expressão “duas cabeças pensam melhor do que uma”? Pois bem, ter parcerias com outras instituições, inclusive de segmentos diferentes, irá proporcionar um desenvolvimento mútuo, além de criar oportunidades para que novas tecnologias e serviços surjam. Essa também é uma dica valiosa para ajudar nessa corrida acirrada movida pela inovação tecnológica.

Como a ISO 20000 pode te destacar da concorrência?

As prestadoras de serviços de TI que obtêm o selo ISO 20000 aumentam sua percepção de valor no mercado, a satisfação dos seus clientes e a confiança por parte dos investidores. Isso porque a ISO 20000 é uma norma técnica reconhecida em todo o mundo, que reúne requisitos obrigatórios para atestar uma boa gestão da qualidade em serviços de TI. Para conquistar a certificação ISO 20000, a empresa candidata precisa passar por uma auditoria independente, que tem o intuito de comprovar que as práticas dos serviços estão seguindo a regulamentação. Com isso, todos os parceiros, fornecedores, clientes e consumidores finais que têm contato com o serviço da empresa certificada, tendem a ficar mais confiantes e satisfeitos.

Além disso, a ISO 20000 oferece às organizações, que carecem de alta tecnologia, métodos e sistemas que visam reduzir erros e problemas internos. Diminuindo, portanto, o risco de prejuízos decorrentes dessas falhas.

O que é exigido para implementação da ISO 20000?

Antes de mais nada, a instituição precisa ter objetivos, políticas e procedimentos que asseguram a sua efetividade, mediante as soluções de TI. Assim, determinam-se as diretrizes e as orientações, visando a otimização dos processos. Confira abaixo as etapas do processo de implementação!

Relacionamento com clientes e parceiros

A ISO 20000 propõe requisitos que atuam desde o relacionamento entre clientes e profissionais de TI, passando pela execução e culminando na entrega dos serviços. Para se adequar, então, é necessário verificar as necessidades de cada consumidor e realizar atendimento às reclamações e problemas reportados. Lembrando que a norma também avalia a satisfação dos clientes, portanto é importante a provedora estar disponível para receber contatos e também oferecer feedback a todos os chamados.

Implementação e funcionamento do SGSTI

A norma usa o método PDCA (Plan – Do – Check – Act), ou seja, uma ferramenta de gestão que promove a melhoria contínua dos processos usando quatro ações:

  • Planejar — decide as finalidades e processos fundamentais para que o desenvolvimento de serviços tenha alta qualidade;
  • Fazer — pratica os processos determinados no planejamento;
  • Checar — monitora e estabelece as métricas dos processos para verificar se foram ou se estão sendo cumpridos conforme determinação;
  • Agir — promove ações para a melhoria contínua dos processos e dos resultados.

Entrega dos serviços de TI realizados

Neste quesito, são determinados os níveis de trabalho entre os setores de gestão de serviços de tecnologia e as demais área que estão ligadas a ele. Além disso, incluem a emissão e distribuição de relatórios para que todos tenham conhecimento da continuidade e disponibilidade das tarefas, gestão da capacidade e contabilidade de custos.

Programas e planejamento de melhorias constantes

A ISO intermedia os processos de solução, liberação e controle, para que sejam resolvidos os incidentes e problemas que acontecerem na gestão de TI. Ao mesmo tempo, trabalha em conjunto com o monitoramento, o tratamento e o gerenciamento de configurações, gestão de mudanças e liberações.

Quais os benefícios da ISO 20000?

A certificação ISO 20000 traz vantagens tanto para organizações quanto para profissionais autônomos, por isso, é considerada um investimento inteligente. Afinal, ela assegura aos seus clientes uma prestação de serviços de tecnologia da informação qualificada, pois suas rotinas são gerenciadas seguindo os princípios da ITIL.

Por outro lado, para os autônomos, a certificação pode ser transformadora para a carreira, pois garante que o profissional saiba executar as rotinas de acordo com as práticas e diretrizes padronizadas no mercado.

Em resumo, a ISO 20000 amplia as oportunidades de vendas, além de aumentar o destaque da sua empresa perante os concorrentes. No entanto, é imprescindível ter o acompanhamento de um consultor especializado na norma, durante a implementação, para garantir a aprovação ao final do processo, além da organização e o cumprimento dos prazos. Para isso, a blwinner é o parceiro ideal, já que, além de prestar consultoria online com custo mais acessível, garante, em contrato, a certificação da sua empresa.

Seja para adquirir a certificação ISO 20000 ou para implementar qualquer outro tipo de Sistema de Gestão da Qualidade na sua empresa, conte com a nossa consultoria!

Comentários

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *