As melhores práticas para gerenciamento de resíduos industriais


A preocupação com o gerenciamento de resíduos industriais deve ser um imperativo para todas as empresas que geram qualquer tipo de resíduo. Isso porque se o descarte dos resíduos ou sobras de materiais decorrentes dos processos industriais for feito de forma incorreta, além do perigo em causar diversos impactos ambientais negativos a empresa, a empresa pode receber uma autuação pelo descarte irregular. Dessa forma, a adoção de práticas de gerenciamento de resíduos industriais, conforme as normas que regulamentam esses processos, é a maneira correta de garantir o manejo adequado, evitar multas e agressões ao meio ambiente e contribuir positivamente para a imagem da empresa.

A tarefa de elaborar e implementar um sistema de gerenciamento de resíduos eficaz pode ser bastante desafiadora. Principalmente em indústrias com muitos funcionários, que devem ser devidamente, e continuamente, treinados a colaborar com o processo. Por isso, preparamos esse conteúdo com as melhores práticas do gerenciamento de resíduos industriais, para que você possa implementar na sua empresa. Acompanhe!

Desse modo, preparamos esse conteúdo com as melhores práticas para gerenciamento de resíduos industriais, para que você possa implementar a responsabilidade ambiental na sua empresa. Acompanhe!

Como funciona o gerenciamento de resíduos industriais?

O processo de gerenciamento de resíduos industriais divide-se em duas principais categorias: resíduos sólidos ou líquidos e gasosos. Para fazer a gestão de cada uma dessas classes de resíduos, as empresas devem se atentar aos requisitados apresentados em diferentes legislações.

De acordo com a Lei nº 12.305/2010, estabelecida pela Política Nacional de Resíduos Industriais, obriga-se a elaboração do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos (PGRS), para as empresas geradoras de resíduos dessa natureza, e evidencia o manejo correto das sobras, desde a etapa de fabricação, embalagem, armazenamento e transporte, até os processos de reciclagem, tratamento e destinação.

Quais são os benefícios de implementar um sistema de gerenciamento de resíduos?

Para que o gerenciamento de resíduos industriais seja efetivo, é fundamental que haja uma mudança cultural em toda a empresa, para que todos ajam de acordo com os métodos traçados. É importante que os colaboradores se conscientizem que a gestão de resíduos é função de todos e representa uma possibilidade de aumentar o ciclo de vida dos produtos. Favorecendo uma produção limpa e diminuindo as chances de danos à saúde pública e ao meio ambiente. Sendo assim, é indispensável que a organização tenha um programa de coleta seletiva. Além do treinamento e conscientização dos trabalhadores sobre a importância da separação dos resíduos sólidos industriais

A adequação da gestão dessas sobras também contribui para a redução de desperdícios. Consequentemente, também promover uma redução de custos para a empresa, colaborando para alcançar o tão desejado desenvolvimento sustentável.

Um programa de gerenciamento de resíduos bem orientado direciona colaboradores e consumidores a participarem da coleta seletiva. O que pode até viabilizar uma nova frente de obtenção de lucro com a venda dos produtos recicláveis. Outro benefício do gerenciamento é o importante passo para a certificação da ISO 14001, o que confere maior competitividade à empresa.

Quais as melhores práticas para o gerenciamento de resíduos industriais?

Desenvolver projetos e práticas que gerem menor quantidade de resíduos, ao mesmo tempo que não prejudiquem o meio ambiente e a saúde pública, é um grande desafio para as indústrias. Já que a sua geração é inevitável, o adequado gerenciamento de resíduos possibilita, ao menos, minimizar a quantidade do que é descartado, promover o reaproveitamento de alguns tipos de resíduos e ainda preservar o meio-ambiente. Veja, em seguida, práticas que podem ser adotadas na sua empresa para facilitar esse processo:

Faça um diagnóstico atual                  

Antes de tudo, deve-se realizar um amplo estudo sobre a situação atual dos resíduos gerados. O diagnóstico pode levar em conta todos os tipos de resíduos, sempre respeitando a NR 25 e NBR 10004 que regulamenta e fornece orientações sobre procedimentos obrigatórios relacionados aos resíduos industriais.

Separe os resíduos

Outro item importante no gerenciamento é a classificação de resíduos. Faça a identificação dos produtos que podem ser reciclados ou reutilizados para adotar medidas, como o reaproveitamento da água, prática adotada por diversas indústrias.

Elabore um plano de gestão de resíduos

Um plano de gestão possibilita verificar as quantidades dos resíduos gerados e separar o que pode ser reciclado ou recuperado, bem como aqueles que precisam de tratamento antes da destinação final. Posteriormente, podem ser identificados e classificados como perigosos ou não perigosos, de acordo com a Lei nº 12.305/2010. Neste planejamento, as empresas devem considerar etapas como:

  • geração;
  • acondicionamento e armazenamento;
  • coleta e transporte;
  • tratamento e transformação;
  • reciclagem e destinação dos resíduos.

Treine e conscientize a equipe

Para que haja eficiência no processo de implementação e manutenção do gerenciamento de resíduos industriais, deve-se treinar e conscientizar sua equipe a contribuir com a coleta seletiva. Para isso, você pode implementar algumas ações, como: distribuir lixeiras de coleta seletiva coloridas pela empresa para incentivar a separação do lixo e ministrar palestras internas sobre a importância da correta destinação dos resíduos. Outra ação interessante – e que gera bastante aderência – é criar um esquema de gameficação, no qual a equipe ou o setor que conseguir fazer mais segregação dos materiais descartáveis, pode usar o dinheiro obtido da venda desses recicláveis para promover um churrasco, por exemplo.

Escolha parceiros sustentáveis e adequados

Existem centros de reciclagem que podem coletar os resíduos industriais produzidos pela sua empresa. Para que sejam reciclados e vendidos novamente ou recebam o descarte correto. Por isso, é importante escolher um parceiro confiável, uma vez que mesmo as indústrias que terceirizam a gestão de resíduos, ainda são corresponsáveis pela destinação e descarte. Ou seja, os resíduos classe I, chamados de resíduos perigosos, requerem um cuidado maior para sua destinação. Por esse motivo, precisamos de parceiros qualificados para receber tais resíduos, já que os órgãos ambientais exigem que atenda-se a legislação ambiental aplicável integralmente.

Esteja atento ao armazenamento

Outra medida necessária é se atentar ao local de armazenamento antes de sua destinação final. Existem algumas normas regulamentadoras de armazenagem de resíduos industriais, que estabelecem regras específicas para que o acondicionamento seja feito corretamente. Por isso, é importante classificar e separar os resíduos industriais produzidos pela sua empresa para entender qual norma deve seguir.

Analise os dados

A análise de dados, que inclui verificar quanto, como e onde os resíduos foram gerados, coletados e descartados possibilita uma visão estratégica do gerenciamento. Dessa forma, pode-se implementar melhorias no processo, aplicando, por exemplo, indicadores de redução da geração dos resíduos, tais como, a política dos 3 Rs, Reduzir a geração, Reciclar e Reutilizar.

Quais as consequências em não realizar o gerenciamento de resíduos?

O gerenciamento incorreto dos resíduos, ou a falta dele, pode trazer consequências negativas para a sua empresa. Como abrir espaço para a concorrência e perder oportunidades no mercado. Além disso, a indústria também é responsável pela geração dos seus resíduos, que podem poluir o ecossistema e causar vários danos à fauna, flora e à saúde humana. Os impactos ao meio ambiente são considerados crimes ambientais passíveis de pena que vão de multa à prisão. O que poderá além de causar um desfalque financeiro, influenciar negativamente a imagem da empresa perante os stakeholders, como órgãos ambientais, parceiros, clientes e fornecedores.

Gerenciar resíduos industriais é uma tarefa que demanda a preparação de projetos especiais que precisam de dedicação e tempo. Portanto, o ideal é contar com uma empresa parceira e especializada, para auxiliar na implementação de um sistema de gestão ambiental. Para isso você pode contar com a blwinner!

Está sem tempo para agendar o atendimento presencial com um de nossos especialistas? Que tal conhecer nossa plataforma de consultoria online? O teste é gratuito! Aproveite essa oportunidade e comece a mudar agora mesmo a gestão do seu negócio.

Comentários

  1. Benedito
    Benedito
    on 18 de julho de 2020

    Muito interessante e muto agregador o tema, muito esclarecedor e de forma clara, sem duvida uma bela ajuda pra execução dessa obrigação, pois é requisito legal, e uma ajuda fundamental independente de ser um atendimento legal, para as empresas que querem melhorar sua gestão ambiental no tocante ao gerenciamento de resíduos sólidos.

  2. master
    master
    on 6 de agosto de 2020

    Obrigada pelo interesse em nosso conteúdo Benedito!

  3. Carla Lima
    Carla Lima
    on 20 de outubro de 2020

    Bastante esclarecedor e muito importante que todas as empresas possuem um sistema de gerenciamento de resíduos adequado, pois além dos benefícios que a mesma terá, ajudará ao meio ambiente e a sociedade.

  4. master
    master
    on 28 de outubro de 2020

    Com certeza Carla! Também acreditamos que o gerenciamento de resíduos pode trazer muitos benefícios. Qualquer dúvida, estamos a disposição.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *